Distanciamento social pode ser necessário até 2022, diz estudo

Um estudo realizado pela Escola de Saúde Pública T.H. Chan, da Universidade de Harvard, revelou que, possivelmente, as pessoas terão que adotar medidas de distanciamento social (leia-se distanciamento físico) até 2022, para que a pandemia do novo coronavírus seja totalmente controlada.

Os sociólogos sugeriram que, até o fim da pandemia, as pessoas teriam que manter alguns comportamentos de distanciamento social como evitar abraços, beijos e apertos de mão. No entanto, segundo o artigo publicado na terça-feira (14), na revista Science, que aborda o estudo feito por Harvard, mesmo após o achatamento da curva de contágio, novos surtos do vírus podem ocorrer até 2024.

A duração e impacto da pandemia da covid-19 nos próximos cinco anos tem íntima relação com a sustentação e eficiência desse período inicial de isolamento social, que será ditado, principalmente, pela duração da imunidade que as pessoas adquirem ao ser expostas à doença.

Fonte: Tecmundo