surto de conjutivite

Médico alerta aos pais para terem maior atenção às crianças. (Foto: DR)

Conjuntivite em cinco municípios de Luanda

Cinco municípios de Luanda, nomeadamente Cazenga, Viana, Cacuaco, Sambizanga e Belas registaram, até ontem, 32 casos de conjuntivite em crianças atendidas na pediatria da Maternidade Augusto Ngangula. Os dados foram avançados por uma médica, daquela unidade hospitalar, que não quis ser identificada.

surto de conjutivite
Médico alerta aos pais para terem maior atenção às crianças. (Foto: DR)

No Bairro Operário, município do Sambizanga, a reportagem do Jornal de Angola falou com o médico pediatra do centro Kiesse Mavova, Silvano Adelino. O especialista explicou que a enfermidade ocorre, quase sempre, em épocas chuvosas e alerta aos pais para terem maior atenção às crianças, para prevenção da doença.

O médico considerou que a conjuntivite pode afectar, especialmente, crianças que frequentam locais de muita aglomeração, tal como creches e escolas e que a doença aparece, muitas vezes, no tempo chuvoso, devido a poeira.

O pediatra alertou que a higiene nas creches deve ser mais regrada, principalmente a mudança dos lençóis e toalhas de rosto, que devem ser lavados pelo menos duas vezes por semana. “Sabemos que as crianças, ao brincarem, correm e estão constantemente a pôr as mãos no chão. Por isso, todo cuidado é pouco”, referiu.

Desde a semana passada, o médico explicou já recebeu mais de cinco casos no seu consultório. A maioria das crianças tem entre zero e seis anos. Alerta o médico que os sintomas mais frequentes da conjuntivite são os olhos inchados, com aparência avermelhada. Outros tipos de conjuntivite mais comuns, como a viral, inclui uma secreção ocular amarela no canto do olho, que pode ser intensa, o suficiente para fazer com que as pálpebras fiquem presas quando a pessoa acorda.

O pediatra aconselhou aos pais que tiverem um filho com conjuntivite, a evitarem partilhar com eles lenços, toalhas de mão e lenços de papel. “Não é aconselhável esfregar ou tocar nos olhos. Deve-se lavar as mãos com frequência, principalmente quando estiver na escola ou em lugares públicos”.

Fonte: JA