Dívida de 20 mil Kwanzas leva filho a matar o pai à catanada

Dívida de 20 mil Kwanzas leva filho a matar o pai à catanada

Revoltado pelo facto de o seu progenitor ter manifestado indisponibilidade financeira para liquidar uma dívida de 20 mil Kwanzas, o jovem “credor” pegou numa catana e desferiu-lhe, na Sexta-feira, golpes na zona do pescoço causando a sua morte imediata.

Dívida de 20 mil Kwanzas leva filho a matar o pai à catanada

O crime ocorreu na residência da família, sita no bairro do Rock, município de Lucapa, província da Lunda-Norte. Ao ver o seu progenitor aparentemente sem vida, refastelado no chão, o jovem de 32 anos decidiu ir à esquadra da Polícia mais próximo apresentar-se como autor de um crime de homicídio.

Surpreendido com o facto, uma equipa de efectivos da Polícia deslocou-se à residência a fim de apurar os factos, porém, mantendo o acusado já sob custódia, uma vez que havia percorrido a pé a distância que separa o local do crime do posto policial de livre e espontânea vontade para confessar o delito.

Ao se depararem com o corpo na condição acima descrita, de acordo com uma fonte de OPAÍS, os polícias accionaram os seus colegas do Serviço de Investigação Criminal (SIC) para que fosse feita a perícia do local e a remoção do cadáver. Assim aconteceu. O corpo foi levado para a morgue do Hospital Municipal do Lucapa e a catana de fabrico artesanal, com a qual o suposto criminoso terá golpeado o seu próprio pai, foi recolhida para se juntar aos autos.

Segundo a nossa fonte, ao ser inquerido pelos especialistas do SIC, o homem manteve a sua versão inicial, justificando que o fez porque o seu progenitor não quis liquidar a dívida de 20 mil Kwanzas que tinha para consigo, alegando não ter dinheiro para o efeito.

Os investigadores decretaram a sua prisão preventiva e, ontem, o encaminharam ao representante do Ministério Público junto do SIC Lunda-Norte que, por seu turno, decidiu aplicar a medida de coacção mais grave, a prisão preventiva.

Fonte: OPAÍS